(mordidas mansas)














(por vezes bravas)



morder
 
os legumes
e o cacau,
à beira-mar,
em dias
e dias
de enganos;
afundando
ao vento
cogumelos
duns e doutros;
sem nada
de nada
ao colo
e recortando
fotos
de cães.

sacudindo
dias
de conversas
no camarote.

comendo
causas,
políticas
e erros
de um lado
e do outro;
fixando
de repente
o que tem
a praia:
letras
e girafas.



morder
o mundo

 
todos os minutos
todas as horas
todas as semanas
em francês
e em inglês



morder
os sons

 
em 5 minutos
debaixo de água
conhecendo
lendo
sentindo
e comprando



morder
as imagens

 
pessoais
amadoras
profissionais
em movimento
brevemente
aqui



morder
as palavras

 
sentidas
no escuro
em busca
de tempo



morder
o passado

 
<< hoje



e-mail

This page is powered by Blogger.

Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com















domingo, junho 29, 2003



Rapaz,
esta ultima sexta fui ver o homem que mordeu o cão ao vivo.
Foi o inicio da festa da Best Rock Sagres event que traduzindo para português é "festa da melhor pedra patrocinada pela Sagres".
Bem, eu era para ir ver isso ao vivo mas a lotação da sala esgotou e tive de ver espetáculo numa outra sala num projector de vídeo.
Mesmo assim teve piada, pena é eles terem levado os cebola mole. Esses não têm piada nenhuma.
Depois, o resto da noite foi um flop. As bandas que se seguiam eram:
Easy Especial (tocaram, pediram desculpa pelas condições técnicas e recusaram um ancore, há uma primeira vez para tudo, até para ver uma banda recusar um ancore).
Depois apareceram os ... como se escreve isto em Inglês ... brm, fica em Português, "Aperta isto por favor". tocaram mas não animaram.
Por fim Beautifol Noise, Banda que aparece da produtora que o Cadete deu à Nicole (esses nem vi).

Daniel às 03:33 |